Angústia

Bem vindo ao lugar
Onde o tempo não passa.
Quanto mais a chuva cai,
Mais a mente se embaça.
Sozinho
Você não pode gritar.
É, eu sei,
É complicado lidar.
Aqui não existem sorrisos ou
lágrimas.
Pesadelos
Estão vivos.
Tomam forma
Como um boneco de barro
Fujo
Travo
Corro
Me amarro?
O ápice da angústia tomando forma Numa madrugada chuvosa.

                                                 ~ E.Q.

Anúncios

Sobre Eduardo Quintanilha

21 anos, Analista de Suporte. Estuda Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Skatista entre uma prova e outra, e escritor nas horas vagas. Decidiu criar o blog para publicar seus textos escritos à base de muito café e olheiras. Almeja ser reconhecido pelos seus textos e poemas, ou que alguém goste de seus textos.

»

  1. E os cenários chuvosos sempre tratam de virar um intensificador extra….

    Responder
  2. Na hora dos pesadelos se tornando bonecos vi uma cena do Filme “AKIRA” se passar. Muito bom rapaz!

    Responder

Se gostou, comente. Se não gostou, comente também. Críticas construtivas são sempre bem vindas!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: